Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Eu e o mundo "romântico"

por Maki, em 24.03.16

Já falei algures na minha experiência no tinder, só que entretanto uma amiga minha arranjou um bom rapaz (talvez demasiado bom rapaz para ser verdade), então acabei por reavivar a fé na Internet e voltei a instalar, reencontrei imensos jovens do meu curso, incluindo um amigo... Assim como da última vez só meti "like" em rapazes que pareciam normais ou mais para o geek, tive conversas interessantes mas entretanto coisas acontecem e fiz "match" um rapaz que me fez o meu radar de psicopatas colapsar, fiz uma saída soft (não fosse o jovem me encontrar na rua e tentar esfaquear) e apaguei a aplicação na esperança de apagar todas as minhas ligações com a mesma. Ora, como não podia deixar de ser, nada correu como planeado.

No dia após apagar a maldita aplicação fui sair, considerando o meu histórico, presumi que algo estranho fosse acontecer mas estava longe de imaginar que um dos jovens do tinder estivesse no mesmo bar que eu... Aliás... Nos mesmos bares que eu, sim que o meu grupo mudou duas vezes de sitio e em ambos os bares acabei por ter contacto visual com ele, foi constrangedor, a nossa conversa online não teve propriamente conteúdo para eu lhe ir falar e provavelmente ele pensou o mesmo. Mas sendo positiva, pelo menos não foi o rapaz que me fez eliminar a aplicação. Contudo, para compensar não ter ocorrido o pior cenário possível aconteceu outra coisa. Linda, magnifica, perfeita... Estava a dedicar uma música com uma amiga a uma terceira (com direito a coreografia e tudo) quando me deram a mão e puxaram, pensando que fosse outra amiga minha fui. Não era ela, nem era uma ela... Antes de processar a informação já estava a ouvir uma das piores frases de engate de sempre, ri-me e olhei para trás na esperança que elas viessem em meu resgate, mas não... elas observavam-me de longe e ainda tiveram a lata de acenar, às vezes odeio-as. Enquanto evitava que o jovem me tocasse reagia à sua conversa como se ele fosse um dos meus bros na esperança que ele percebesse que eu não queria nada, não funcionou muito bem que o jovem começou a tentar meter a mãozinha à volta da minha cintura (para quem não sabe isso não se faz a um bro). Felizmente uma alma abençoada abriu caminho entre nós, aproveitei para desaparecer, dei uma palmadinha no ombro do rapaz, desejei-lhe boa sorte para a caça e fui o mais depressa que consegui para perto das minhas amigas. Sinto-me sempre tão mal quando alguém tenta abordar-me em bares... Não nasci para essas coisas, tenho sempre medo de magoar a auto-estima das pessoas e assim... Espero que isso não tenha acontecido...

Pois após todos esses acontecimentos no espaço de uma semana acabei por me relembrar que não nasci para essas coisas de relações e assim... Até porque entro em pânico assim que alguém mostra interesse. Gatos. Vou adoptar gatos. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:46


1 comentário

Imagem de perfil

De abelhinhamaia a 02.04.2016 às 16:28

Eu nem sei o que é isso do tinder!! Redes sociais,só conheço o twitter,o facebook e o instagram,mas não tenho nenhum dos três porque não gosto dessas coisas!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D