Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Planos de vida

por Maki, em 12.11.17

Não sei o que se passou, mas a maioria das pessoas que conheço derepente delineou os seu plano de vida. Até a criatura mais irresponsavel e espontanea que conheço já tem metas e um plano delineado para o cumprir... Isso assustou-me, e ainda me assusta porque eu até à uma semana atrás nem sabia como é que poderia subir a possibilidade de arranjar emprego na area que me fascina de 0 para 1%... Por isso ontem estive a pensar sobre o futuro... Como sou muito má a ver as coisas a longo prazo decidi imaginar apenas os proximos 2 anos.

Quero acabar o curso em 5 anos, apesar de todas as piadas que faço sobre o acabar em 10, ficar mais 1 ano ou semestre no tecnico ia-me matar por dentro. Até agora é possivel acabar o curso em 5 anos e é nisso que me vou focar, até já decidi que cadeira vou fazer ao mesmo tempo que a tese. 

Vou continuar a fazer voluntariado de proximidade e vou tentar começar a fazer visitas hospitalares para o ano.

Definitivamente vou aproveitar os meus ultimos anos de estudante para não pagar entrada em eventos e conhecer pessoal bacano fazendo voluntariado nos mesmos (a games week está mesmo à porta). 

Vou-me fechar a nivel romantico. Quando acabar o curso vou ter que me ir embora, não há a minima hipose de eu ficar por cá a trabalhar no que gosto, por isso não faz sentido fazer com que a partida custe mais nem causar sofrimento numa pessoa sem necessidade.

Tenho que começar a pensar além da faculdade. Ela só me vai começar a dar ferramentas para o que quero no proximo semestre. Até lá tenho que começar a desvendar as coisas por mim e fazer um investimento que não é tão pequeno como eu gostaria, mas que acho que vai acabar por valer a pena.

 

Porra, estou a ficar velha. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:47

No proximo websummit

por Maki, em 09.11.17

Ontem um visitante do websummit perguntou-me onde era a casa-de-banho mais próxima, antes de ele se lembrar que tinha que ir mijar ainda esteve a falar um pouco sobre a conferencia e disse que devíamos ter ido (na altura estava com duas amigas) porque havia lá poucas mulheres e perguntou porque não tinha usado o desconto de ser mulher. 

Enquanto pessoa que passa a vida a tentar ser vista como igual pelos meus colegas de faculdade e professores senti-me ofendida. Esses descontos não passam de discriminação, positiva? Sim. Mas não deixa de ser discriminação. E honestamente, considero que grande parte das mulheres que trabalham neste ramo sentem o mesmo que eu.

Mas fica aqui assente que para o ano vou ao websummit, não como uma "woman in tech", mas como uma pessoa com um plano para sair de lá com uma oferta de emprego.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:09

Há dias em que pronto...

por Maki, em 06.11.17

Há dias em que uma pessoa tem vontade de ouvir uma ou outra musica questionavel, hoje é um deles.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:49

"Eu não sou homofóbico, mas..."

por Maki, em 05.11.17

Fui almoçar com uns moços da faculdade e calhou falarmos de relações homossexuais, todos eles alegaram ser a favor de cada um expressar a sua sexualidade e todos eles se demonstraram desconfortáveis quando perguntei se tinham algum amigo/conhecido gay. 

Quando íamos para o metro um rosna qualquer coisa enquanto olha para trás, os outros olham todos e também grunhem e riem-se com algo que não entendi. Ora, eu vejo mal ao longe e quando ando pela rua só presto atenção ao chão, a obstáculos e com sorte a algum gajo bom, ainda tentei olhar para trás para tentar entender o que tinha acontecido mas não reparei em nada, perguntei o que tinha sido mas eles não me responderam. Parei, virei-me totalmente e olhei para trás porque tinha a certeza que eles estavam a gozar com alguém e eu não aguento esse tipo de coisas. Um finalmente explicou o que tinha passado: "Ah, eu não sou homofóbico, mas aqueles dois gajos que estão abraçados antes estavam de mão dada. Não havia necessidade".

Hipócritas dum raio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:54

Urotélio.

por Maki, em 03.11.17

Hoje encontrei um caderno que usava para desenhar e decidi voltar a pegar nele, como não sabia o que desenhar fui ao priberam para ver se a palavra do dia me inspirava:

u·ro·té·li·o 
(uro- + [epi]télio)

substantivo masculino

[Anatomia]  Tecido que cobre as membranas mucosas do trato urinário.


"urotelio", in Dicionário Priberam
 
 
Obrigada Priberam, minha formosa e delicada tágide.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:52

Ah a chuva

por Maki, em 02.11.17

Eu gosto da chuva, acho que é necessária e até me ver obrigada a usar óculos adorava andar na rua quando chovia. Mas epah... Após tantos meses de Sol tinha mesmo que chover no unico dia da semana em que tenho que andar de um lado para o outro com o portátil às costas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:20

Este ano promete...

por Maki, em 17.09.17

Estou no novo quarto há menos de uma hora e tenho a certeza que o "viver em comunidade" está de volta, este ano com um bónus.

Preparem-se para:

"viver em comunidade" + "viver com os senhorios"

Só para aguçar a curiosidade fiquem a saber que só posso tomar banho até às 21h30 e não posso fazer barulho após as 22h porque "como a menina sabe é ilegal". 

E mais não digo porque tenho medo que o som das teclas desperte alguém e me mandem prender. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:43

Maldição...

por Maki, em 12.09.17

Fiz um post enorme sobre o ridículo que era o técnico estar todo feliz por ter médias maiores que medicina, mas perdi-o após o tentar publicar com a Wi-Fi e os dados móveis desligados...

Haverá melhor prova de que andar no técnico não é sinónimo de inteligência?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

Pronto, já me chatearam.

por Maki, em 06.09.17

No ano passado inscrevi-me num ginásio. Esse ginásio abriu portas com um mês de atraso.

Esse ginásio prometeu um kit de sócio que iria ser entregue antes do ginásio abrir. O kit foi entregue quase uma semana após a abertura e não veio completo.

Esse ginásio garantiu uma entrada rápida devido a uma tecnologia vanguardista. Essa tecnologia vanguardista 2 meses após a abertura ainda não estava lá, mas havia fila para sair do sitio o que é algo excepcional.

Em Setembro era o meu ultimo mês com desconto. Decidi cancelar a inscrição. 

Dia 31 de Agosto procurei o e-mail do ginásio. Não encontrei.

Mandei mensagem pelo fb a perguntar como é que podia cancelar a inscrição. Mandaram-me mandar um e-mail e enviaram o endereço.

Enviei o e-mail. Não obtive resposta.

Mandei novamente mensagem pelo fb. Disseram-me que me iam ligar no dia seguinte.

Não ligaram. Mandei novamente mensagem pelo fb a informar que não me tinham ligado.

Disseram-me que tentaram entrar em contacto comigo mas não tinham conseguido e enviaram-me o numero para eu ligar. 

No dia seguinte aconteceu um milagre. Acordei com uma chamada perdida do numero do ginásio que não me conseguiu contactar no dia anterior e um e-mail do dito ginásio a informar que não me conseguiam contactar por isso eu devia ligar. 

Liguei passado 10 minutos da chamada que eles fizeram. Não atenderam.

Mandei um e-mail. Referi que ia a Lisboa e que me ia deslocar ao sitio para tratar do assunto.

No e-mail referi também que a minhas questão era relativamente simples para não ter tido resposta no espaço de uma semana. A senhora disse que estava 100% de acordo e que aguardava a minha visita.

Fiquei na duvida se a senhora não entendeu a mensagem subtil de que quero o livro de reclamações e a situação é ridícula ou se ela odeia o seu trabalho e se está a cagar.

Mas estou chateada. Muito chateada. Desde o inicio que esse ginásio mexe aqui com o meu interior. Agora vou lá botar tudo cá para fora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

Fugindo do óleo de palma

por Maki, em 31.08.17

Após ver um documentário que falava sobre a cultura do óleo de palma, da vida dos trabalhadores e das suas famílias decidi tirar esse ingrediente da minha alimentação.

Como estou na terrinha as coisas têm andado a correr bem, como os bolos tradicionais daqui que são feitos no dia, o pão, e o meu pai tem ido à horta buscar hortaliças e vegetais por isso tenho conseguido viver bem sem isso até hoje. Acordei da sesta com uma vontade colossal de comer bolachas, fui ao mini-mercado aqui ao lado peguei nas minhas bolachas favoritas e li os ingredientes enquanto fazia figas BUM "óleo de palma" , peguei nas bolachas ao lado "gordura de palma", peguei em todas a bolachas com bom aspecto e todas elas tinham algum ingrediente com "palmqualquercoisa" na constituição,fiquei triste, peguei numas bolachas de arroz e vim para casa comer um bocado de esferovite sem Nutella porque pronto... Óleo de palma...

Esta escolha vai ser super benéfica para a minha linha, quando voltar para Lisboa devo morrer de fome...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:38


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D